Sobre Blog Bequimão Agora

Divulgar informações de interesse público visando fomentar a análise crítica dos acontecimentos que direta ou indiretamente tenham relação com o munícipio de Bequimão (MA)

Data-M: Flávio Dino tem 57,8% contra 23,1% de Edinho Lobão

Flávio Dino amplia diferença sobre Edinho após início do horário eleitoral

PesquisaDataMRelease

Após o início do horário eleitoral nas emissoras de rádio e televisão, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino, abriu 35 pontos de diferença sobre o segundo colocado. Flávio possui 57,8% das intenções de voto, contra 23,1% do candidato da família Sarney, Edinho Lobão. Dos demais candidatos, Zéluis Lago (PPL) pontuou 1%; Josivaldo (PCB) teve 0,9%; Pedrosa (PSOL), 0,4%; e Saulo Arcangeli (PSTU), 0,3%. Cerca de 10% pretendem votar em branco e nulo. Somente 6,4% dos eleitores estão indecisos.

A pesquisa Data-M foi divulgada pelo jornal Atos e Fatos e ouviu 1.500 pessoas, entre os dias 21 a 24 de agosto. A pesquisa foi registrada no TRE sob a inscrição 037/2014. A margem de erro do questionário é de 3 pontos para mais ou menos.

Na pesquisa espontânea – quando o eleitor é perguntado em quem vai votar, mas não é apresentado a ele o nome dos candidatos –, Flávio Dino pontua 42%. No mesmo sistema, Edinho Lobão tem 15%. Quando perguntado sobre quem o eleitor acha que vai ganhar, 59% dos eleitores responde que será Flávio.

Já quando perguntado sobre em quem não votaria de forma alguma, 44% dos eleitores dizem rejeitar Edinho Lobão. Já 13% não votariam em Flávio Dino e 8% em Pedrosa.

Roberto Rocha lidera no Senado
Na pesquisa de intenção de votos para o Senado, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão também lidera. Roberto Rocha tem 29% das intenções de votos contra 20% de Gastão Vieira. Haroldo Sabóia, do PSOL, tem 5,6%; Marcos Silva (PSTU) tem 4%. Branco e nulo somam 24%.

Na campanha para o Senado, o campeão de rejeição também é o candidato da família Sarney, Gastão Vieira, com 17%. Ele é seguido por Saboia, com 11% e Rocha, com 9%.

Lobão autoriza aumento de 25% para conta de luz no Maranhão

Do Maranhão da gente

edinho-sarney-roseana-e-lobão-550x309O Maranhão terá aumento na conta de luz maior que o de Brasília. Enquanto o governo federal autorizou aumento de 18,88% para a capital federal, que tem a maior renda per capta do Brasil, o Maranhão, com a segunda pior renda per capta do Brasil, teve aumento de 24,12%. A área de energia no Brasil é comandada pelo maranhense Edison Lobão, no Ministério de Minas e Energia.

O reajuste é válido para todos os 217 municípios maranhenses já a partir da próxima quinta-feira.

A autorização para o reajuste de energia foi dado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) à Companhia Energética do Maranhão (Cemar). A Cemar foi privatizada em 2000, sob comando da governadora Roseana. Recentemente, membros do governo Roseana defenderam a privatização também da Caema, estatal responsável pelo abastecimento de água no Maranhão.

MP debate situação dos ferry-boats

Os membros do Ministério Público defendem ainda a adequação das embarcações para atender pessoas com deficiência e idosos

De O Imparcial

Promotores de justiça que atuam na Baixada Maranhense estiveram mais uma vez reunidos, nesta segunda-feira, 25, com a Corregedoria Geral do Ministério Público do Maranhão, para discutir a situação do serviço de ferry-boat oferecido na região.

Pelos relatos dos promotores, que todas as semanas se utilizam do transporte para ir e voltar de suas comarcas, a precariedade dos serviços – já discutida em outra reunião no dia 21 de julho – permanece.

Na ocasião, as empresas Internacional Marítima e Serviporto, que operam ferry-boats entre São Luís e Cujupe, além da Emap (Empresa Maranhense de Administração Portuária) e dos órgãos de fiscalização da Marinha e do Estado, comprometeram-se a apresentar, no prazo de 15 dias, um plano de medidas a serem adotadas em suas esferas de atribuições.

Segundo o corregedor-geral do Ministério Público do Maranhão, Suvamy Vivekananda Meireles, devem ser ajuizadas ações, recomendações ou Termos de Ajustamento de Conduta, para que as principais falhas no serviço sejam solucionadas.

Dentre as medidas elencadas pelo grupo de promotores estão a fiscalização permanente pela Emap e Capitania dos Portos nos terminais de embarque e desembarque, inspeções sanitárias nos banheiros das embarcações e nos espaços de comercialização de bebidas e comidas, inspeções nos coletes salva-vidas, presença de equipes médicas ou profissionais habilitados para atendimento de emergência.

Os membros do Ministério Público defendem ainda a adequação das embarcações para atender pessoas com deficiência e idosos, o aumento do número de pontos de vendas de bilhetes, incluindo a internet, e a diversificação da forma de pagamento, como cartão de crédito e débito.

Participaram da reunião, além do corregedor-geral, a ouvidora do MPMA em exercício, procuradora de justiça Domingas Fróz Gomes, a chefe de gabinete da Corregedoria, Doracy Reis, os promotores-corregedores Cassius Chai e Cláudio Rebello, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional do Consumidor, a promotora de justiça Lítia Cavalcante, e dez promotores de justiça que atuam na Baixada Maranhense.

Campanha Fiscalize O Seu Voto é lançada para evitar fraudes

FiscalizeMateriaA Coligação Todos Pelo Maranhão lançou a Campanha Fiscalize o Seu Voto para evitar fraudes nas eleições deste ano no Estado. A campanha convida os eleitores a se tornarem fiscais da votação. Uma página na internet está cadastrando os voluntários. Clique aqui para ver a página e se cadastrar.

A campanha tem a meta de evitar o uso de fraudes para deturpar as eleições no governo. Nas últimas eleições para governador, em 2010, houve fortes indícios de fraude. Clique aqui para conhecer as três grandes potenciais formas de fraude.

Leia abaixo o texto da campanha convidando todos a participarem:

PRA FAZER VALER A MUDANÇA NO MARANHÃO
Este ano, o povo maranhense tem a oportunidade de libertar-se da oligarquia mais antiga do Brasil. O resultado dos 50 anos de domínio do grupo Sarney é que o Maranhão, um estado de grandes potencialidades econômicas, hoje sofre com os piores índices sociais do país.

Mas para fazer valer essa mudança é fundamental a participação de pessoas como você, que nos ajudem a fiscalizar as eleições, evitando fraudes e o abuso do poder econômico. Somente com sua colaboração poderemos derrotar a oligarquia que comanda o governo do Maranhão há 50 anos.

Enfrentamos adversários poderosos, que têm o poder da máquina, da grande mídia e do dinheiro. Mas nós sabemos que somos milhões, no Maranhão e em todo o Brasil. Precisamos de sua ajuda para fazer valer esse desejo. Junte-se a #TodosPeloMaranhão.

Se você é eleitor no Maranhão, preencha a ficha de cadastro para FISCAL VOLUNTÁRIO (A). Após enviar seus dados, a coordenação de campanha da sua região vai entrar em contato com você informando-o dos próximos passos.

Se você é advogado, residente ou não em nosso estado, preencha a ficha de cadastro para FISCAL ADVOGADO (A). Também entraremos em contato contigo para orientá-lo a como juntar-se a nós.

Bequimão: Homem morre em acidente entre carro e microônibus

Acidente aconteceu nesta segunda-feira (25), próximo a Bequimão.
Motorista de carro Lorinaldo Ferreira Soares, de 39 anos, morreu na hora.

Do G1 MA

10384617_699570563468823_335133774781257140_nUm homem identificado como Lorinaldo Ferreira Soares, de 39 anos, morreu em um acidente envolvendo um carro e um microônibus na manhã desta segunda-feira (25), em uma estrada próxima à cidade de Bequimão, no norte do Maranhão.

Segundo informações de testemunhas, a vítima estava dirigindo um veículo utilitário de pequeno porte quando bateu de frente com o microônibus. Um passageiro identificado como Domingos Ricardo Rodrigues foi levado para um hospital de Bequimão com um corte na cabeça.10407276_699570956802117_1573358827621628548_n

Já o motorista do microônibus Jorge Miguel Gomes e uma passageira, que não foi identificada, foram transferidos para um hospital da cidade de Pinheiro, a 50 km de Bequimão. O estado de saúde dos feridos não foi divulgado.

Fotos: Jefferson Cantanhede