Flávio Dino autoriza convocação de excedentes do concurso de professores

13312680_573557186138392_7536327522829748991_n“Autorizei a convocação de excedentes do concurso de professor para provimento das vagas dos que não tomarem posse “, afirmou o Governador do Maranhão, Flávio Dino, na tarde desta terça-feira05. A declaração é referente ao último concurso de professores realizado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Educação (seduc), em 2015. No certame foram ofertadas 1.500 vagas e mais 300 para o cadastro de reserva.

A chamada é referente às vagas do quadro da Seduc que não foram preenchidas na última convocação, ocorrida no dia 26 de maio deste ano. A secretaria está levantando a quantidade de vagas disponíveis e divulgará nos próximos dias o quantitativo e listagem com nome dos professores chamados, que deverão apresentar documentação e tomar posse de forma imediata.

Ainda de acordo com a Secretaria, as vagas são remanescentes dos profissionais que não tomaram posse por pendências de documentação, por questões pessoais ou profissionais.  Quanto aos que serão chamados, estes receberão o salário de R$ 4.985,44, para o regime de trabalho de 40 horas semanais, valor que é uma das melhores remunerações entre as pagas nas redes estaduais do país.

Concurso

O concurso foi lançado em novembro de 2015 para o preenchimento imediato do quadro permanente da Seduc, o qual contou com a participação de mais de 83 mil candidatos de todo o país. Foram ofertadas 1.500 vagas e 300 para o cadastro de reservas para 18 disciplinas. Deste percentual, 230 profissionais atuarão na Educação Especial, que está sendo contemplada pela primeira vez em um certame público estadual. Os educadores aprovados integrarão a equipe de profissionais da Seduc e serão lotados em unidades de Ensino das zonas rural e urbana.

Anúncios

Câmara rejeita convocação de Zé Martins

Por cinco votos a quatro, a Câmara de Vereadores rejeitou na última sexta-feira, 27, requerimento apresentado pelo vereador Elanderson Pereira (PPS), convocando o prefeito Zé Martins (PMDB) para prestar esclarecimentos sobre sua gestão.

Votaram contra o requerimento os vereadores Robson Cheira (PTN), Jorge Filho e Valmir, do PP, Amarildo (PHS) e França (PV).

Os oposicionistas Elanderson, Raquel Paixão (PTC), Sinhô (PSB) e Sassá (PDT) votaram favoráveis à convocação do prefeito. Os vereadores Doutor (PDT) e Vetinho (PMDB) estavam ausentes.

A postura adotada pelos aliados de Zé Martins demonstra o desapreço da gestão peemedebista pela transparência administrativa.

Leia a íntegra do requerimento

Requerimento 07 001