Miaaauuuuu!!! Cemar corta suposto ‘gato’ feito pelo prefeito em arraial

Do Blog do Gilberto Lima

CemarTrês equipes da Cemar acabaram com o arraial de Bequimão na terça-feira (28). A culpa seria do prefeito Zé Martins, que teria mandado fazer a ligação da energia de forma clandestina, o famoso ‘gato’. Ao constatar a irregularidade, técnicos da companhia foram ao local para fazer o desligamento.

A denúncia foi feita por Alessandro Trancoso, no facebook. Confira o relato do denunciante.Cemar2

“OLHA A CEMAR É VERDADE. Cemar corta arraiá de Bequimão. Prefeito Zé Martins não Tirou licença de Carga de Energia para o Arraiá de Bequimão. O Arraiá funcionava na clandestinidade o famoso GATO. A operação de Corte veio em peso: três viatura com oito homens para cortar a energia. Que vergonha! Já foi o mehor arraiá da baixada, hoje resumido a um puleiro de urubu sujo. Cadê o dinheiro para o São João? Nem medidor tinha no arraiá. Eta quadrilha boa! Hoje o São João é a luz da lua se o prefeito não procurar pagar a energia!!!”, disse Trancoso.

Cemar1E acrescentou: “Tenho as fotos para comprovar. A Prefeitura está se movimentando para não passar mais essa vergonha. Roubar energia é crime. Se fosse um consumidor comum, a Cemar multaria e ainda poderia entrar com um processo, mas como é a prefeitura, com certeza, O CHEFE DAS CEMAR vai aliviar e tomará uma cervejinha no São João. O Ministério Público vai saber disso”.

Dez horas depois, com a repercussão nas redes sociais, o prefeito Zé Martins tratou de desmentir a denúncia feita por Alessandro Trancoso, alegando que os técnicos da Cemar foram ao local para verificar a carga elétrica e fazer a medição para emissão de fatura. Confira o que disse o prefeito:Cemar3

“É mentirosa, irresponsável e caluniosa a publicação do perfil de Alessandro Trancoso sobre a energia elétrica no arraial de Bequimão. Técnicos da Cemar estiveram no arraial para verificar a carga elétrica e fazer a medição para fins de emissão da fatura. Os técnicos da companhia imaginavam que cada barraqueiro pagaria a despesa de energia elétrica de sua barraca, mas foram informados que todos os custos são por conta da Prefeitura Municipal de Bequimão. A fatura será encaminhada à Secretaria de Administração e Transporte, por e-mail, até a próxima sexta-feira, dia 1º de julho, para que, assim, seja feito o pagamento. As redes sociais ampliam a possibilidade de uma ação democrática, já que todos têm chance de manifestar suas opiniões, mas em nada contribui para a gestão pública a veiculação de mentiras, como essa inventada e disseminada pelo senhor. Sobre a acusação de se tratar de uma “quadrilha”, nossa equipe jurídica tomará a devida providência para que o senhor esclareça na justiça”.

Vale perguntar: Se a prefeitura de Bequimão arcaria com as despesas e fez tudo legal, por que a Cemar, ao que parece, não tinha essa informação?

E por que deslocar oito técnicos para fazer uma simples verificação de ligação de energia?

Em outros casos, quando os envolvidos são cidadãos comuns, a Cemar aciona logo a polícia para prender o responsável pelo furto de energia em flagrante.

Em vez de boi, será que tinha mesmo era bichano no arraial do Zé Martins?

Com a palavra, a Cemar.

Boi Estrela de Bequimão entre os melhores do Estado

O boi Estrela de Bequimão é uma das manifestações folclóricas selecionadas pela Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) para classe A, na categoria Bumba-Meu-Boi.

Fundado em 1984, o bumba meu boi Estrela de Bequimão foi pioneiro na Baixada e Litoral Ocidental maranhense no sotaque de orquestra.

Confira a programação do boi Estrela de Bequimão em São Luís, nesta temporada junina:

9f1de4dc92cb82a41d2c2d2bc2184100

O encanto junino do Maranhão

Por Flávio Dino

13419212_580674842093293_3149269169507095038_nO Maranhão é um estado encantador por natureza, com as belezas que Deus nos deu, envolvendo mar, rios, flora e fauna, como vemos de modo exuberante nos Lençóis e na Chapada das Mesas. Sobre esse cenário único, constituímos uma das culturas mais ricas do país, mesclando de forma criativa nossas matrizes africanas, indígenas e europeias. Essa profusão de músicas, danças e sabores, tem seu ápice neste mês de junho, quando celebramos a alegria de sermos maranhenses.

Essa riqueza de sotaques e sentidos criada espontaneamente por nosso povo merece ser potencializada por meio de políticas públicas. Não só para mantê-la viva para as próximas gerações, mas também para estimular que se transformem em ganhos econômicos para nosso estado por meio do turismo.

O binômio cultura e turismo tem sido o mais eficiente atrativo dos principais destinos turísticos do mundo, apostando na viagem como um momento de experimentação multisensorial. Por isso, já à frente da Embratur, órgão federal responsável pela promoção turística do Brasil, apostei nessa linha. Isso resultou na promoção de grupos de bumba-meu-boi do Maranhão que levamos para se apresentarem no exterior.

No governo do Maranhão, segui essa aposta que tem dado certo em tantos países. Por isso, fizemos uma campanha publicitária este ano chamando os turistas para conhecerem nosso estado neste mês de tantos encantos. O maravilhoso vídeo que divulga o “São João de Todos Nós” já teve mais de um milhão de visualizações em todo o país, demonstrando o interesse que nosso estado desperta.

Já quando chega aqui, o turista encontrará o aeroporto decorado por bandeirinhas de São João, belos painéis e será convidado a participar de apresentações culturais. No São João da capital, instalamos inéditos Centros de Atendimento ao Turista nos maiores arraiais, que vão distribuir materiais impressos sobre outros destinos maranhenses, além de fazer várias ações promocionais.

Na cidade de São Luís, todos poderão desfrutar de mais de 300 atrações em arraiais que o estado organizou em parceria com a Prefeitura. A diversidade de atrações foi garantida pelo credenciamento cultural aberto desde abril, em que todos os grupos poderiam pleitear a participação. Por meio desse sistema de seleção pública, implantado ano passado, já pudemos garantir que muitos grupos participassem pela primeira vez do circuito oficial.

Além dos quatro arraiais com a prefeitura, o Governo do Maranhão está garantindo a realização de outros dez em parceria com a comunidade, com apoio em infraestrutura. O mesmo ocorrerá no interior de nosso estado, garantindo toda a diversidade de sotaques culturais.

Trata-se de ações fortes do Governo para que nos reafirmemos neste junho como maranhenses. E também para fomentar a dinamização de nossa economia, gerando milhares de oportunidades de trabalho e renda. Convido a todos a viver este São João de Todos Nós. Acompanhe a programação em nosso site especial http://www.ma.gov.br/saojoao2016/

Advogado, 48 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.