Descaso: prefeito fecha escolas em povoados de Bequimão

IMG-20160603-WA0016[1]

Enquanto crianças ficam sem aulas no município de Bequimão, escolas foram desativadas pelo prefeito Zé Marins (PMDB). Na escola do povoado Santa Vitória, o mato toma conta de quase toda a fachada da escola. O lixo nos arredores ameaça as pessoas por se transformar em criadouros do mosquito da dengue. A área em frente à unidade, que poderia ser aproveitada para atividades de recreação dos alunos ou para uma horta escolar, projeto que chegou a ser desenvolvido em outras gestões, se transformou em um grande matagal.

IMG-20160603-WA0030[2]Outra das muitas escolas que se encontram abandonada pela administração do PMDB é a Escola Anexo Macajubal, pertencente à Unidade integrada Codozinho. A unidade escolar se transformou em depósito. Uma cela foi encontrada pela reportagem do blog sobre a janela da cantina. Uma cena bem diferente do que pode ser encontrado em uma escola.

IMG-20160603-WA0018[1]Com a falta de professores e dificuldade para gerenciar a rede municipal de ensino, o prefeito Zé Martins parece não se importar com as dificuldades que os pais dos alunos enfrentam diariamente para deixar seus filhos nas escolas que estão com suas atividades regulares, que segundo os moradores, são bem distantes dos povoados onde residem.

Várias escolas estão abandonadas e sofrem com a ação do tempo. Outro exemplo do descaso é a escola do Baixo Escuro, que está com parte do telhado ameaçada de desabar. O local está servindo apenas para casas de marimbondos. Mesmo pelo lado de fora, o blog pôde registrar grande número de livros didáticos sendo desperdiçados.b06c2a7c53579020bc416b6a67d84099

Também nos povoados Jacioca e Frederico as escolas foram fechadas pela prefeitura. Um detalhe, no entanto, chama ainda mais atenção: os prédios foram desativados depois de passarem por reformas. Se é que se pode chamar pintura de reforma.

IMG-20160603-WA0033[1]Enquanto o governo do Estado tem se esforçado para tirar o Maranhão do atraso na educação com a criação do Programa Escola Digna, que substitui escolas de taipas, barro e palha em todo Estado por escolas de alvenaria, Bequimão regride e fecha as portas das escolas. Uma lástima!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s