Comunidades quilombolas lutam para manter tradições em Bequimão

Apesar das dificuldades, comunidades são muito unidas. Projeto do Unicef tenta garantir melhorias na qualidade de vida.

Do G1 MA, com informações da TV Mirante

O cotidiano dos remanescentes das comunidades quilombolas de Bequimão, município localizado na Baixada Maranhense, foi retratado em detalhes no Repórter Mirante deste sábado (22): o dia a dia nas comunidades; o trabalho na casa de farinha; a tradição das ‘rezadeiras’ e ‘parteiras’; os remédios que nascem nos quintais de cada residência.

Ao longo dos anos os descendentes destas comunidades lutam para preservar a memória de seus ancestrais e repassar os mesmo valores para as gerações futuras. Em algumas localidades o trabalho parece ter parado no tempo, mas a sabedoria de seu povo que, de pés no chão, reescreve a própria história.

A maioria destas comunidades enfrenta sérios problemas de infraestrutura, mas nem por isso se deixa abater e aposta em fortes valores como a religião.

O programa também destacou o projeto apoiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), para garantir direitos e melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes quilombolas.

Clique aqui e veja a íntegra do programa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s