Flávio Dino fala de impacto positivo dos megaeventos

Em entrevista a um conjunto de rádios de todo o Brasil, o presidente da Embratur destacou o impacto financeiro dos megaeventos na promoção turística do Maranhão.

EmbraturO presidente da Embratur, Flávio Dino, participou, na terça-feira, 16, do programa de rádio Brasil em Pauta, que contou com a participação de emissoras de todo o país. Em toda a entrevista o presidente ressaltou o retorno financeiro que os megaeventos garantirão ao país, e, sobretudo, ao Maranhão.

No programa, que tem coordenação e produção da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a EBC Serviços, Flávio Dino abordou as múltiplas oportunidades de promoção turística do estado, mesmo não tendo cidade sede.

“Durante a Copa das Confederações foram injetados R$ 740 milhões na economia do país. Para que o Maranhão não fique de fora desses ganhos, estamos promovendo o estado como destino turístico associado à sede de Fortaleza. Para tanto, estamos investindo na divulgação da rota das emoções que abrange o trecho entre Jericoacoara e Barreirinhas, englobando de modo geral toda a região leste do estado”, avaliou Dino.

Em resposta ao radialista Juracy Vieira Filho, da Rádio Timbira AM, Flávio Dino relembrou todo o trabalho que já foi feito para promover o estado dentro e fora do país, apostando em roteiros de ecoturismo, turismo de aventura, no segmento sol praia e no turismo cultural.

“Esse ano já levamos jornalistas estrangeiros ao estado, que inclusive produziram ótimas matérias sobre as festas juninas do Maranhão, com divulgação na Itália e na França. A soma dos nossos esforços com as potencialidades de cultura, patrimônio histórico e natureza garantirão o fortalecimento do turismo no Maranhão”, afirmou.

“Estamos realizando ainda um trabalho em parceria com a prefeitura de São Luís que já nos apresentou diversas propostas de eventos internacionais, que já estão sendo encaminhadas. Além disso, já tivemos oportunidade de apoiar eventos artísticos abrangendo vários grupos culturais da nossa cidade como Boi Barrica, Boi de Morros, Flávia Bittencourt, Zeca Baleiro, entre outros. Todos esses esforços são para que o estado seja inclusivo na rota internacional de turismo”, reiterou Dino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s