Empresa que usou trabalho escravo já recebeu 4,6 milhões de Roseana

Do Blog Marrapá

Escravos sendo libertos pelo MPT

Escravos sendo libertos pelo MPT

A Empresa Carmel Construções, flagrada pelo Ministério Público do Trabalho utilizando mão de obra escrava na construção do Arraial da Lagoa, obra contratada pelo governo do estado, já recebeu R$ 4,6 milhões oriundos dos cofres públicos e deverá receber mais R$ 3,5 milhões até o fim do ano.

Dados disponíveis no Portal da Transparência mostram que a Carmel Construções é contratada com frequência pelo governo do estado para realizar obras de reforma, ampliação e construção de prédios e logradouros públicos.

Entre janeiro de 2009 e maio de 2013, a empresa recebeu 4 milhões, seiscentos e sete mil reais, principalmente das Secretarias de Infraestrutura e Saúde do governo do estado.

Com a descoberta de que a empresa presta serviço há anos para o estado, fica a suspeita de que o governo pode ter acobertado outras obras feitas com mão de obra escrava.

Talvez por isso, a governadora Roseana Sarney tenha vetado projeto de lei do deputado Bira do Pindaré (PT), determinando a proibição de contratação de empresas envolvidas em uso de mão de obra escrava.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s