Maranhenses vivem em estado de insegurança, diz Othelino

Do Blog do Jorge Vieira

othelinonetoO deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) voltou a cobrar, na sessão desta quinta-feira (18), o governo Roseana Sarney pelo estado de insegurança em que vivem os maranhenses com mais uma crise no Sistema Penitenciário. “O governo não consegue cuidar da Segurança Pública. As pessoas estão, a cada dia, mais amedrontadas e se trancando em casa, enquanto os bandidos estão soltos nas ruas”, disse.

Segundo Othelino, o governo do Maranhão não consegue prender os bandidos, conter a violência que só aumenta, em especial na Ilha de São Luís, e não tem capacidade de cuidar das suas penitenciárias. “A governadora não se sensibiliza. A exposição nacional também não adianta. Todos os telejornais mostraram aquela cena patética dos bandidos subindo o muro na frente da polícia. Roseana é incapaz, sequer, de tentar tirar o Maranhão da crise. Ela não aponta uma solução. Assiste a tudo num silêncio sepulcral”, frisou.

O deputado disse que foi triste para o Maranhão a tentativa de fuga, ao vivo, exibida pela Globo News, enquanto o repórter da Globo informava sobre o clima de tensão em Pedrinhas. “De repente, dois bandidos começaram a subir o muro e sair da penitenciária que é de segurança máxima. Olhem o que o governo Roseana Sarney está fazendo com o Maranhão”, comentou.

Bandidos nas ruas – Othelino disse que são diversos bandidos que estavam presos e agora estão nas ruas, somados aos outros que já aterrorizam a vida e tiram a tranquilidade dos maranhenses, enquanto o governo do Maranhão assiste apático ao que está acontecendo.

“O servidor que foi preso por suspeita de negociar a saída de presos pela porta da frente teve nomeação política. Ali, claro que era para ter um funcionário de carreira, numa função daquelas, mas não, ele teve nomeação política e lá foi pego pela Polícia Civil, vendendo a saída de presos. É um governo que não tem o menor controle, a menor responsabilidade com o Sistema de Segurança Pública do Maranhão”, disse Othelino.

Flávio Dino tem o dobro de intenções de voto do 2º colocado, aponta Exata/TV Guará/Fiema

A três finais de semana da eleição, nova pesquisa de intenção de voto apresenta vitória no primeiro turno de Flávio Dino, candidato da Coligação Todos pelo Maranhão. A pesquisa Exata/TV Guará/Fiema divulgada neste domingo (14) aponta Flávio Dino com o dobro das intenções de voto de Edinho Lobão: 56% a 28%.

Os candidatos Saulo Arcâagelli, Zéluis Lago, Antônio Pedrosa e Josivaldo Corrêa tiveram 1% cada um. Brancos e nulos tiveram 6%. E 6% dizem não saber ainda em quem votar.

PesquisaGuara

Considerando apenas os votos válidos, o candidato Flávio Dino tem 63% das intenções de voto contra 31% de Edinho. Os outros candidatos somam 6%.

O questionário da pesquisa Exata/TV Guará/Fiema está registrado sob protocolo MA-0045/2014 e ouviu 1.400 mil pessoas em 45 municípios maranhenses entre os dias 9 e 13 de setembro.

Ampla vantagem
Em todas as pesquisas realizadas até o momento, Flávio Dino aparece na frente, mesmo na pesquisa Ibope, contratada pelo grupo Sarney. Flávio Dino vem se destacando nacionalmente no cenário político por contra da luta contra a oligarquia, e veículos nacionais já destacam a queda da família Sarney.

Se a eleição fosse hoje, Flávio seria eleito no primeiro turno – um cenário que vem sendo confirmado por todas as pesquisas registradas e divulgadas até agora.

Edinho Lobão não tem conseguido mudar seu índice de rejeição (39%), mesmo após a campanha na televisão. Suas propostas não têm sido bem aceitas pela população e o recente escândalo da Petrobras envolvendo seu pai, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, piorou ainda mais o cenário para o candidato.

Aliado da família Sarney vai gerir urna eletrônica no Maranhão

Folha de São Paulo

A gestão das urnas eletrônicas nos 217 municípios do Maranhão ficará a cargo de uma14252687 empresa cujo dono tem vínculos com o marido da governadora Roseana Sarney (PMDB), Jorge Murad. E ainda há indícios de ligação com o próprio candidato a governador do grupo político do ex-presidente José Sarney, o senador Lobão Filho (PMDB).

Vencedora de uma licitação promovida pelo TRE-MA (Tribunal Regional Eleitoral), a Atlântica Serviços Gerais foi contratada em 28 de agosto por R$ 2.999.499 para cuidar de uma série de serviços com as urnas no dia da eleição.

A firma deverá colocar 616 empregados para fazer, entre outras coisas, transporte e armazenamento dos equipamentos, troca de máquinas com defeito, carregamento de softwares e transmissão dos resultados para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Até 2010, parte disso era feito por uma única empresa contratada pelo TSE. Neste ano, o leque de atividades terceirizadas aumentou e a contratação foi descentralizada. Cada um dos 27 TREs faz a sua.

A Atlântica pertence ao empresário Luiz Carlos Cantanhede Fernandes, que tem ligações com membros do clã Sarney, que domina a política local há décadas.

Em 2002, quando Roseana era pré-candidata à Presidência pelo PFL (atual DEM), Cantanhede ficou conhecido quando a Polícia Federal, numa apuração sobre caixa dois, apreendeu R$ 1,3 milhão em dinheiro vivo na empresa Lunus, de Roseana e Murad.

Ao falar sobre a origem do dinheiro, Murad afirmou que uma parte era de Cantanhede, seu sócio numa pousada.

Já a proximidade com Lobão Filho, primogênito do ministro Edison Lobão (Minas e Energia), tornou-se pública em 2012, quando um iate naufragou na baía de São Marcos, na costa de São Luís.

Cantanhede era um dos tripulantes. Após o susto, ele deu entrevista à imprensa local. Um dos veículos registrou uma fala do próprio empresário explicando que a lancha era dele e de Lobão Filho “em cotas de 50% cada um”.

Em nota, Lobão Filho afirmou que vendeu uma lancha para Cantanhede, mas que eles nunca foram sócios.

DOCUMENTAÇÃO

Na disputa pelo contrato do TRE-MA, a Atlântica apresentou apenas o sexto melhor preço do pregão eletrônico. Três empresas com preços melhores foram desclassificadas por erros na documentação. Outras duas não confirmaram a proposta original.

A suspeição por proximidade com um dos candidatos não é a única dúvida que paira sobre o contrato firmado entre o TRE-MA e a Atlântica.

Na segunda (8), o presidente do PC do B local, Marcio Saraiva Barroso, entrou com uma representação no TSE pedindo cancelamento da licitação por “ilegalidade”.

Barroso afirma que a empresa entregou um documento falso no processo licitatório para comprovar seus índices de liquidez e solvência.

O papel anexado como sendo da Atlântica Serviços Gerais é da Atlântica Segurança, uma outra empresa de Cantanhede, com outro CNPJ.

A Atlântica Segurança tem contratos com alguns órgãos do governo Roseana. O mais conhecido é o da terceirização da guarda do complexo penitenciário de Pedrinhas, no interior do Estado, palco de mais de 60 assassinatos de presos em 2013, muitos deles com tortura e decapitação.

Cantanhede não foi encontrado para comentar. O TRE-MA diz que só o timbre do papel anexado estava errado, não o conteúdo.

Flávio Dino chega a 58% de intenções de voto

Na primeira pesquisa realizada após o escândalo na Petrobras envolvendo Roseana e Lobão, o candidato de oposição voltou a subir

PesquisaJPO candidato Flávio Dino voltou a subir no primeiro levantamento de intenções de voto realizado após a reportagem da revista Veja que mostrou esquema de corrupção na Petrobras envolvendo políticos maranhenses. A governadora Roseana Sarney e o ministro Edison Lobão estão entre os citados. O Instituto DataM foi a campo entre os dias 5 e 8 de setembro e colheu as intenções de voto de 1.500 maranhenses. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo. A pesquisa foi registrada sob o número 0044/2014.

Na pesquisa, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino, obtém 58,2% das intenções de voto contra 24,6%, de Edinho Lobão. Zéluis Lago, do PPL, obteve 0,5% das intenções de voto e os candidatos Prof. Josivaldo, Saulo Arcangeli e Pedrosa têm 0,3% das intenções de voto cada um. Cerca de 6,2% dos eleitores pretendem votar branco ou nulo e 9,5% não sabem.

datam

A rejeição de Edinho Lobão – aliado de Roseana Sarney e Edison Lobão – continua sendo a maior e subiu a 45%. Independentemente de quem o eleitor deseja votar, mais de 60% do eleitorado acredita que o oposicionista Flávio Dino irá ganhar a eleição deste ano.

Senado

Na disputa pelo Senado, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão segue na frente, com 30,1% das intenções de votos contra 24,3% de Gastão Vieira. Haroldo Saboia tem 2,7% das intenções de votos e Marcos Silva, 2,2%. Evan de Andrade tem 1,1% e Gersão tem 0,6%. E 27,7% estão indecisos.

Em relação à eleição presidencial, a presidenta Dilma conta com 47,9% das intenções de voto no Maranhão, contra 34,4% de Marina Silva. Aécio Neves tem 8,3% das intenções de voto e os outros pontuam todos menos de 1 ponto percentual.

A um mês da eleição, Flávio Dino mantém vantagem de 30 pontos

Do Maranhão da gente

Divulgada mais uma pesquisa Exata/TV Guará/Fiema e os dados confirmam o que as últimas pesquisas vêm apurando: a vitória do candidato da coligação Todos Pelo Maranhão Flávio Dino com 55% dos votos. A última pesquisa Exata foi divulgada no dia 16 de agosto e já mostrava Flávio Dino na liderança com 30 pontos de vantagem.

Exata-TVGuara

O candidato apoiado pelo grupo Sarney, o suplente de senador Edinho Lobão (PMDB), aparece em segundo lugar, com 25% dos votos. Mesmo com o início do programa eleitoral, Edinho não conseguiu subir em relação à última pesquisa. Seus programas estão repercutindo mal nas redes sociais e propostas como o Alô Doutor estão sendo classificadas pela população como absurdas.

O candidatos Zéluis Lago aparece com 2% das intenções de voto. Saulo Arcângelli, Antônio Pedrosa e Prof. Josivaldo pontuaram 1%. A quantidade de eleitores na seção de votos nulos e brancos soma 8%. Os eleitores que não sabem ou não responderam, pontuam 7%.

A sondagem foi realizada entre os dias 23 e 28 de agosto, quando foram ouvidas 1.400 pessoas em 45 municípios maranhenses escolhidos aleatoriamente, mas contemplando as quatro regiões do estado e a ilha de São Luís. A margem de erro da pesquisa é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. A pesquisa avaliou as intenções de voto para governador e senador, sob o protocolo MA – 00038/2014. Também foi observada a intenção de voto para presidente da República, com registro no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR – 00482/2014.